Pular para o conteúdo principal

Origem Que Finda

Quando se concluiu uma volta, a mudança foi escrita 

Essa dança de setes definida pela segunda luz 

Deitado no alvinegro manto, olhando sem enxergar

A volta que antes concluíra, se abre novamente e aguarda-lhe fechar 

 

Quando o quinto lhe foi pago, conseguiu se reconhecer 

Olhou pra relva e sentiu o sol ardente 

Não sabia quantas eram suas dessa gente 

Mas pertenceu até que lhe arrancou o primeiro dente 

 

Quando a décima música foi tocada, tudo de cabeça para baixo ficou 

O enfrentamento do novo que não serias mais o teu 

E sempre do teu lado os que te fortaleceu 

Na última sinfonia, ele quase o amou 

 

Quando a última areia cair da ampulheta 

E ele deixar de desenhar vida com a caneta 

Que a memória seja profundo suspiro incansável 

Que a abreviada passagem seja presente no olhar, violeta. 



João Vitor Gonçalves 

Comentários